Especialidades

Excelentes especialistas para um atendimento integrado

Halitose (mau hálito)

Clinica saúde em sorriso

Mau Hálito Persistente

Se considerarmos o mau hálito ao acordar, 100% da população teria halitose. Por isso o hálito da manhã é considerado fisiológico, uma reação natural do organismo, que acontece devido a períodos prolongados de jejum, à redução do fluxo salivar e ao aumento da atividade bacteriana durante o sono. Após higiene bucal e a primeira refeição, o mau cheiro bucal deve desaparecer. Caso o mau hálito persista, pode ser um sinal de halitose crônica e a melhor atitude é procurar ajuda profissional especializada para se investigar e tratar as causas.

Causas:
Após eliminar qualquer foco de infecção bucal, como cáries e gengivites, uma das principais causas da Halitose é a alteração da salivação, ocasionada por fatores emocionais, alguns medicamentos, ou certas doenças sistêmicas. Esta alteração de saliva favorece a formação de uma camada esbranquiçada ou amarelada na parte posterior da língua, chamada Saburra Lingual, a qual exala um cheiro forte. Provoca também a descamação da mucosa e o aparecimento de cáries próximas à gengiva.

Tratamento
Cada caso deve ser detalhadamente examinado, eliminando-se qualquer problema intrabucal associado, como cáries e gengivites, e descartando-se problemas sistêmicos, que ocorrem com menor frequência. A limpeza da Saburra Lingual, com escova de dentes ou limpador lingual, também é necessária. Em alguns casos, o uso de Saliva Artificial pode ser receitado, proporcionando muito mais conforto ao paciente.

Saiba mais com nossos especialistas. Será um prazer atende-lo (a)!